O projeto residencial de oito casas de madeira da Vila Taguaí, situado a 22 km do centro de São Paulo, é um empreendimento imobiliário que foi concebido como uma alternativa inovadora de construção de novos espaços de moradia e ocupação de áreas verdes na periferia.


A madeira é o material que possui o melhor desempenho diante das grandes questões deste século: energia e meio-ambiente. Sua produção depende apenas da energia solar e, além disso, florestas manejadas combatem o efeito estufa e gera empregos de qualidade na floresta evitando a migração para as grandes cidades e também promove o desenvolvimento econômico da região produtora.



A madeira de cumaru vem de áreas de manejo no Acre. Os painéis são executados na oficina da Ita e montados em obra.